IDN - Instituto da Defesa Nacional
início do site
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
IDN - Instituto da Defesa Nacional
Início > Publicações > Nação e Defesa

Breve Historial

A revista Nação e Defesa iniciou a sua publicação em Abril de 1976 com o número “0”, então editado pelo Gabinete de Estudos e Planeamento do Estado-Maior do Exército. Por decisão do Conselho dos Chefes de Estado-Maior das Forças Armadas, tomada na reunião de 19 de Julho de 1977 (na sequência da criação do Instituto da Defesa Nacional, em 12 de Julho de 1976), a revista Nação e Defesa passou a ser agregada ao Instituto da Defesa Nacional (IDN), que editou o seu número 4 em Janeiro de 1978, como “Revista de Assuntos Políticos, Económicos, Científicos e Militares”. O seu objetivo foi então reajustado para passar a “difundir até ao mais alto nível, civil e militar, a política da defesa nacional e os grandes problemas com ela relacionados, nomeadamente no campo político, económico, científico e militar”.

Desde a sua criação, a revista Nação e Defesa publicou nos seus 142 números, cerca de 1300 artigos, escritos por ilustres colaboradores, em língua portuguesa, francesa e inglesa, os quais em muito enriqueceram a cultura da Segurança e Defesa em Portugal.

Com o número 122, subordinado ao tema “O Mar no Pensamento Estratégico Nacional”, a revista Nação e Defesa deu início à 4ª Série, com um novo formato “16X23”, que teve em atenção questões ambientais e de racionalidade económica. A edição do número 123, subordinado ao tema “Portugal e a Aliança Atlântica” foi acompanhada da disponibilização gratuita da versão digital dos números da Nação e Defesa (desde o número “0” até ao penúltimo ano de publicação) no site do IDN.

O número 126, intitulado “O Conceito Estratégico da NATO” deu origem à 5ª Série e a um ajustamento da sua tiragem, fruto da disponibilização online de todos os números, uma vez terminado o período de embargo de 2 anos.

No seu conjunto, a coleção completa da Nação e Defesa, representa uma fonte importante para entender as mudanças do mundo no campo da Segurança e Defesa nas últimas décadas. Como referia o título do editorial do seu número 1, esta é uma revista onde alguns dos melhores autores nacionais de todos os quadrantes publicaram o seu pensamento sobre “Que Defesa para Portugal?”, dentro da visão de uma revista que, como o citado editorial referia, devia ser “documentação para manuseio e crítica”, uma “folha de livre circulação e estímulo”.

menu instituto
 
Condições de utilização e política de privacidade | © 2010 Instituto da Defesa Nacional. Todos os direitos reservados.