Ir para o conteúdo principal

Cooperação Internacional

Portal do IDN \ Início \ Cooperação \ Cooperação Internacional

​​​​​​​​​No quadro da Cooperação Internacional o IDN tem como objetivo o aprofundamento das relações com os institutos congéneres de segurança internacional, com vista a criar condições para ampliar as iniciativas conjuntas de investigação e formação com parceiros externos.

Presentemente desenvolve atividades em colaboração com as seguintes instituições:

​O Comité Académico do Colégio de Defesa da Iniciativa 5+5 é responsável por programar, coordenar e controlar as iniciativas de formação abrangendo os países constituintes desta iniciativa: Portugal, Espanha, França, Itália, Malta, Mauritânia, Marrocos, Tunísia, Argélia e Líbia. O IDN participa em duas reuniões anuais, organiza e ministra o “High level Course” e co-organiza com a DGPDN e IUM o “Intermediate level Course”.

​No âmbito da iniciativa de defesa 5+5 desenvolve um projeto de investigação anual. O IDN contribui com o investigador português deste fórum.

​O IDN é o representante português na ACDIA, associação destinada ao intercâmbio de informação, estudos e experiências académicas, promovendo contacto entre todos os Colégios de Defesa dos países constituintes desta organização; O IDN integra ainda, neste âmbito, o Centro Virtual Ibero-americano de Estudos para a Paz e Segurança Internacional que tem como objetivo organizar ações de formação comuns no espaço Ibero-americano.

​​O Instituto da Defesa Nacional integra desde 2006 a rede do Col​égio Europeu de Segurança e Defesa (CESD), instituído em 2015 e sediado em Bruxelas. Organizou a sua primeira ação de formação em 2007, ano em que Portugal assumiu a Presidência Portuguesa da União Europeia. O CESD tem por finalidade fomentar atividades de treino e educação, contribuindo para o desenvolvimento de uma cultura comum de segurança, centrando-se na educação de nível avançado sobre a Politica Comum de Segurança e Defesa. Tem por objetivo capacitar as instituições e os estados membros promovendo os valores europeus e as boas práticas na área da segurança e defesa. O IDN tem vindo a organizar cursos na área da Gestão Civil de Crises e da Cibersegurança.

​​Nos termos do despacho de S. Exa. o Ministro da Defesa Nacional, o IDN é o POC Nacional para os assuntos relacionados com as Conferências de Comandantes patrocinadas pelo Colégio de Defesa NATO, que na Aliança  detêm a responsabilidade de promover o pensamento estratégico nos assuntos político-militares, nas quais participa anualmente. Nesse sentido, o IDN integra a rede Institutos dos países Aliados sendo responsável, em representação do Estado Português, pelo planeamento, organização e coordenação das  visitas de estudo a Portugal dos cursos do NDC, nomeadamente o NATO Senior Course e NATO Regional Cooperation Course.

​O Instituto da Defesa Nacional participa anualmente no Curso de Altos Estudos Estratégicos para Oficiais Superiores Ibero-Americanos, garantindo um módulo do curso que se realiza em Salamanca.

A delegação portuguesa, além de um elemento do IDN, conta com a presença de um representante da DGPDN do Ministério da Defesa Nacional, que aborda o tema “A Política de Defesa Nacional" e  um representante da Direção-Geral de Política Externa do Ministério dos Negócios Estrangeiros, que aborda o tema “A Política Externa Portuguesa e a Comunidade Ibero-Americana".

​Ao nível bilateral, o IDN mantem protocolos de cooperação com várias dezenas de instituições congéneres com vista ao desenvolvimento de atividades conjuntas no âmbito da investigação científica, da formação, da disseminação e da edição, em todos os campos de interesse recíproco. Entre os mais recentes acordos assinados contam-se memorandos de entendimento com o Centro de Altos Estudos Nacionais da Republica Oriental do Uruguai, a Universidade da Defesa Nacional da Argentina, a Escola Superior de Guerra do Brasil e a Fundação Getúlio Vargas do Brasil.

Cooperação

Partilhar
Conteúdo