Ir para o conteúdo principal

Cursos Avançados de Estudos Regionais


Portal do IDN \ Início \ Formação \ Catálogo de Cursos \ Cursos de Curta Duração \ Cursos Avançados de Estudos Regionais

​​​​​​​​​​​​​​Embora com grande tradição no Instituto da Defesa Nacional (IDN) e também na Universidade Autónoma de Lisboa (UAL), os estudos de área ou regionais (regional studies) têm pouco desenvolvimento em Portugal.

Deste modo, o IDN e UAL promovem, em parceria, um conjunto de cinco Cursos Avançados de Estudos Regionais para todos os interessados, incluindo não licenciados, em conhecer ou aprofundar conhecimentos sobre as seguintes regiões:

Eurásia ++ Médio Oriente e Magrebe ++ África Subsariana ++ Ásia-Pacífico ++ América Latina.

Os Cursos são inteiramente autónomos, podendo os candidatos frequentar apenas um, vários ou todos.

A formação decorre na UAL.

O IDN acolhe, ainda, outras aulas abertas e os​ alunos poderão participar em conferências temáticas organizadas pelo IDN e/ou pela UAL.

Página do curso na UAL

Folheto do curso


 

  • ​Proporcionar informação e reflexão sobre a evolução histórica e as dinâmicas atuais destas regiões;

  • Compreender as especificidades teóricas e conceptuais na investigação das dinâmicas políticas;

  • Ganhar um entendimento sobre a atuação dos principais atores regionais e internacionais;

  • Entender as dinâmicas políticas na sua dimensão sub-regional;

  • Promover a análise profunda dos vetores, que influenciam os comportamentos e as interações competitivas e cooperativas nas regiões.


​Eurásia

  • Proporcionar informação e reflexão sobre a evolução histórica e as dinâmicas atuais, na vasta área que vai da Europa Oriental à Ásia Central, designadamente no Espaço Pós-Soviético;

  • Perceber o potencial e os fatores de risco na Eurásia e caracterizar a situação política, económica e sócio-cultural dos povos e países da região, bem como os interesses e as estratégias dos atores residentes mais relevantes, com destaque para a Rússia;

  • Promover a análise profunda dos vetores, que influenciam os comportamentos e as interações competitivas e cooperativas na Eurásia, em particular, envolvendo a Rússia, UE, EUA, NATO, Turquia e China.

África Subsariana

  • Compreender as especificidades teóricas e conceptuais na investigação das dinâmicas políticas na África Subsariana;

  • Adquirir uma compreensão histórica das dinâmicas políticas, económicas e socioculturais atuais;

  • Ganhar um entendimento sobre a atuação no continente dos principais atores Africanos e atores internacionais;

  • Entender as dinâmicas políticas na sua dimensão sub-regional (África Subsariana Ocidental, Oriental, Central e Austral).

Ásia-Pacífico

  • Proporcionar informação e reflexão sobre a evolução histórica e as dinâmicas atuais na vasta área da Ásia-Pacífico;

  • Perceber o potencial e os fatores de risco na Ásia-Pacífico e caracterizar a situação política, económica e sócio-cultural dos povos e países da região, bem como os interesses e as estratégias dos atores residentes mais relevantes, com destaque para a China, a Índia, o Japão e a ASEAN;

  • Promover a análise profunda dos vetores, que influenciam os comportamentos e as interações competitivas e cooperativas na região, bem como as políticas e relações da UE, dos EUA e da Rússia na direção da Ásia-Pacífico.

Médio Oriente e Magrebe

  • Proporcionar informação e reflexão sobre a evolução histórica e política da Região do Médio Oriente e Magrebe, através de instrumentos de análise teórico-práticos que explorem as especificidades teóricas e conceptuais na investigação das dinâmicas políticas, económicas e socioculturais da região;

  • Perceber o potencial e os fatores de risco na região do Médio Oriente e Magrebe e caracterizar a situação política, económica e sociocultural dos povos e países da região, bem como os interesses e as estratégias dos atores regionais e internacionais mais relevantes e o envolvimento externo e impacto regional dos conflitos na região;

  • Promover a análise profunda dos vetores, que influenciam os comportamentos e as interações competitivas e cooperativas na região do Médio Oriente e Magrebe, refletindo sobre conceitos e teorias, que ajudam a perceber as dinâmicas internas e externas da região do Médio Oriente e Magrebe.

América Latina

  • Conhecer e compreender as especificidades da América Latina: Evolução histórica, fronteiras regionais, Estados e subsistemas;

  • Estudar o Sistema Interamericano: conceito; origens; processo de institucionalização

  • Estudar e compreender os processos de integração regionais;

  • Identificar, estudar e compreender os focos de conflitualidade na região, os diferendos entre estados, e a criminalidade;

  • Promover a análise profunda das Relações Internacionais da América Latina, com destaque para as Relações América Latina – EUA, América Latina – União Europeia, América Latina – China, e América Latina – Portugal.

  • ​Estudantes dos vários ciclos do Ensino Superior, nomeadamente das áreas das Relações Internacionais, Ciência Política, História, Sociologia, Geografia, Economia, Ciências da Comunicação e Estudos Africanos;

  • Elementos das Forças Armadas e das Forças e Serviços de Segurança;

  • Quadros da Administração Pública, designadamente do Ministério dos Negócios Estrangeiros, do Ministério da Defesa Nacional, do Ministério da Administração Interna e do Ministério da Economia;

  • Quadros e técnicos superiores de Câmaras Municipais;

  • Empresas orientadas para a internacionalização, consultoria e análise de risco;

  • Jornalistas.

  • Partilhar
    Conteúdo